Com os desafios impostos pela pandemia, o Pentálogo XI não será realizado este ano. Devido às medidas de isolamento social, desenvolvemos o CISECO Entrevistas, com a participação de ilustres convidados. O intuito da iniciativa é promover o debate e aproximar pesquisadores mesmo à distância, sob uma nova forma de interagir e trocar conhecimentos. O CISECO Entrevistas é uma atividade que poderá inspirar temática a ser desenvolvida durante o Pentálogo XI – este deverá ocorrer em 2021, no modelo tradicional. Os primeiros vídeos do projeto já estão disponíveis, e podem ser acessados através do canal do CISECO no YouTube. Acesse aqui!

Com os desafios impostos pela pandemia, o Pentálogo XI não será realizado este ano. Devido às medidas de isolamento social, desenvolvemos o CISECO Entrevistas, com a participação de ilustres convidados. O intuito da iniciativa é promover o debate e aproximar pesquisadores mesmo à distância, sob uma nova forma de interagir e trocar conhecimentos. O CISECO Entrevistas é uma atividade que poderá inspirar temática a ser desenvolvida durante o Pentálogo XI – este deverá ocorrer em 2021, no modelo tradicional. Os primeiros vídeos do projeto já estão disponíveis, e podem ser acessados através do canal do CISECO no YouTube.

 

Antônio Fausto Neto e Antônio Heberlê abrem o circuito de entrevistas

No primeiro episódio deste novo formato, o pesquisador da Embrapa e vice-presidente do CISECO Antônio Heberlê recebe Antônio Fausto Neto, presidente do CISECO, pesquisador e professor no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UNISINOS. Na conversa, são discutidas as consequências simbólicas da pandemia no estudo e pesquisa nas áreas da Comunicação e da Semiótica, além da disputa que se apresenta entre processos circulatórios. Para assistir a entrevista completa, clique em: https://www.youtube.com/watch?v=xE4JxfcGdGI&feature=youtu.be

 

Maria Aparecida Moura é entrevistada por Laura Guimarães Corrêa

Maria Aparecida Moura é professora titular da UFMG, doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e tem pós-doutorado em Semiótica Cognitiva e Novas Mídias pela Maison des Sciences de L’Homme (França). Na conversa com Laura Guimarães Corrêa, diretora do CISECO, fala sobre observar e entender a situação de pandemia que se apresenta, sob a lente da semiótica e diante dos mecanismos absolutamente coloniais que coordenam o planeta hoje, nas palavras da entrevistada. Moura atua nos programas de pós-graduação em Comunicação Social e Ciências da Comunicação. É pesquisadora e documentarista das culturas digitais e tradicionais, além de integrante do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Raça e Gênero (Coragem). A entrevista pode ser assistida em: https://www.youtube.com/watch?v=CM7adz9RyP8&feature=youtu.be

 

Rosane Borges concede entrevista à Laura Guimarães Corrêa

Doutora em Ciências da Comunicação e pesquisadora na USP, Rosane Borges, conversa com a diretora do CISECO Laura Guimarães Corrêa sobre os entrelaçamentos de crise acentuados durante a pandemia. Segundo a entrevistada, é preciso “construir sentidos que amplifiquem, e não sacrifiquem”. Rosane Borges também atua como articulista da revista Carta Capital Digital e do site Jornalistas Livres; autora de diversos livros e capítulos sobre jornalismo brasileiro, mídia, racismo e a contemporaneidade; também é conselheira de honra do Conselho Internacional Reinventando a Educação. Para assistir a entrevista completa, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=kqkDjcOO6Cg&feature=youtu.be

 

Beatriz Quiñones Cely conversa com Pedro Russi